Depois do capitalismo, o gerencialismo democrático

Luiz Carlos Bresser-Pereira

RAE - Revista de Administração de Empresas, 61 (3), 2021: 1-11.


A partir do final dos anos 1970, o capitalismo experimentou uma fase regressiva - o capitalismo neoliberal financeirorentista - e, desde 2008, entrou em crise terminal. Os capitalistas deixaram de controlar o processo de acumulação de capital e inovação que os legitimava, e o capitalismo deixou de produzir desenvolvimento econômico e progresso humano. Em seu lugar, está surgindo uma nova organização social, que o autor denomina "gerencialismo democrático", no qual a classe dos gerentes ou tecnoburocratas voltou a se fortalecer e a constituir o núcleo da nova coalisão de classes dominantes. Ao mesmo tempo, a democracia vem enfrentando bem o desafio autoritário, e é possível prever que ela se aprofundará no gerencialismo democrático.



Fale conosco: ceciliaheise46@gmail.com