Reformando o passado

Luiz Gonzaga Belluzzo

Valor Econômico, 1.10.2019


"Novas" formas de trabalho dificultam, senão inviabilizam, reformas da Seguridade Social que não contemplem participação maior dos impostos gerais, com forte viés progressivo, sobre a renda e a riqueza.

 

Fale conosco: ceciliaheise46@gmail.com