Globalização e estado-nação

Luiz Carlos Bresser-Pereira

Texto para Discussão EESP/FGV, 160, abril 2007.


Globalização e Estado-nação não se contradizem; globalização e o estágio atual do desenvolvimento capitalista, e estado nação é a unidade política territorial que organiza o espaço e a população no sistema capitalista. Desde os anos 1980, o Capitalismo Global constitui o sistema econômico caracterizado pela abertura de todos os mercados nacionais e a violenta competição entre os Estados-nação. Os países em desenvolvimento tendem ao catch up¸ enquanto os países ricos tentam neutralizar tais esforços de competição, usando o globalismo como ideologia, e a ortodoxia convencional como estratégia. Enquanto a globalização comercial favorece países de renda média, a globalização financeira controle seu crescimento. O nacionalismo permanece a ideologia com que eles contam para enfrentar o globalismo. No âmbito político, um Sistema Político Global está emergindo para corrigir as injustiças e desequilíbrios que são inerentes à globalização.



Fale conosco: ceciliaheise46@gmail.com